CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Nossa Árvore
A árvore da nossa vida
Textos

ARTE FINAL

Cinzéis candentes de desejo te esculpiam
nas minhas vísceras, entre lençóis, sedas,
tapetes, cortinas e céus de espelhos; alertei
o Desejo: a arte final da criação é minha

Desde então, vivo pelas ruas cavalgando
nas minhas pernas, buscando, em córneas
urbanas, improváveis pradarias serenas; o
pó de sol da obra: teus olhos de gramíneas

Mas só vejo nas ruas uma gente esquisita,
de olhar envidraçado, passos de pedra pra
todos os lados, empurrando-me, xingando,
berrando latidos raivosos: - Louco! Louco!
 

Todo texto do projeto Nossa Árvore é para algum descendente, por mais distante que esteja...

.
   João, meu tetraneto, vou falar com você sobre desejo e loucura, fontes de caminhos e encruzilhadas. Mas para seu próprio pensar, vou apenas passar a visão de alguns mestres.

   Sobre a loucura:
• e aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música. - Friedrich Nietzsche
• a arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal. - Raul Seixas
• engulo a loucura porque ela me alucina calmamente. - Clarice Lispector
• nos chamam de loucos, num mundo em que os certos fazem bombas. - Bob Marley
• E se o que tanto buscas só existe em tua límpida loucura - que importa?
  Isso, exatamente isso, é o teu diamante mais puro! - Mario Quintana
• ...doentes serão todos os que nos outros vêm sintomas de loucura quando não têm um espelho em que possam ver o que lhes vai dentro da alma. - Leon Tolstói

   E sobre o desejo:
• Quem és? Perguntei ao desejo.
  Respondeu: lava. Depois pó. Depois nada - Hilda Hilst
• em última análise, amam-se os nossos desejos, e não o objeto desses desejos. Friedrich Nietzsche

   É isso, querido João, você já nasceu para mim pelas folhas da nossa árvore, mesmo antes de eu me tornar folha viva... ou será que estou ficando louco, rsrsrsrsrs!?


   Beijos do tetravô
Cláudio Bertini
Enviado por Cláudio Bertini em 29/07/2018
Alterado em 06/12/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Desejando copiar e utilizar nas condições permitidas, você deve citar a autoria de Cláudio Bertini e o site www.nossaarvore.prosaeverso.net ... Obrigado). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários